Celebrating 11 years online
julho 26, 2021
Diretor de ‘Minamata’ denuncia que distribuidora MGM quer engavetar o filme

Há 7 meses, noticiamos aqui que a MGM havia adquirido os direitos de distribuição de ‘Minamata’ em quatro países: Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Suíça. Nos EUA, o filme teria lançamento simultâneo nos cinemas e em plataformas de vídeo sob demanda no início de fevereiro de 2021, o que não ocorreu.

Agora, o diretor Andrew Levitas revela em carta que foi informado pelo chefe de aquisições da distribuidora, Sam Wollman, que o longa não seria promovido, e que “a MGM decidiu ‘enterrar o filme’ (palavras do chefe de aquisições, Sr. Sam Wollman)”.

Levitas enviou a carta para a MGM e para os patrocinadores do filme, a Eugene Smith Foundation e a Minamata Foundation. O cineasta pediu à MGM que reconsiderasse a decisão e acredita que o estúdio não está dando consideração forte o suficiente à importância do assunto, que expôs irregularidades corporativas e indiferença, e relembrou o dano geracional e devastador infligido aos moradores por causa do envenenamento retratado no filme.

Já a MGM deu outra versão para os fatos. Ao ser questionado sobre a carta, um porta-voz teria dito ao Deadline: “O filme foi adquirido para lançamento pela American International Pictures (AIP), divisão da MGM que cuida dos lançamentos simultâneos. ‘Minamata’ continua entre os futuros lançamentos da AIP e, neste momento, a data de lançamento do filme nos EUA é ‘a ser anunciada'”.

Leia abaixo o documento enviado hoje por Levitas. Continue…

maio 26, 2021
“Cidade de Mentiras” é lançado no Brasil

“Cidade de Mentiras” (“City of Lies”) foi lançado no Brasil hoje, (26). O filme ficou disponível, para aluguel e compra, em algumas operadoras de TV e lojas digitais.

Baseado em livro de Randall Sullivan e dirigido por Brad Furman, ‘Cidade de Mentiras’ conta a história da vida real da investigação do detetive Russell Poole (Johnny Depp) e do jornalista Jack Jackson (Forest Whitaker) sobre o assassinato infame de The Notorious B.I.G., também conhecido como Christopher Wallace, um rapper mundialmente famoso que foi assassinado em 1997.

Saiba onde alugar ou comprar o longa e assista ao trailer oficial legendado abaixo.

Apple TV – clique aqui
Google Play – clique aqui
NOW – clique aqui
Sky Play – clique aqui
Vivo Play – clique aqui
Youtube Movies – clique aqui

maio 8, 2021
Johnny Depp comenta sobre morte de George Jung

George Jung, famoso contrabandista que foi interpretado por Johnny Depp em 2001 no filme Profissão de Risco (Blow), faleceu esta semana aos 78 anos.

Depp, que falou com a Esquire Middle East pelo Zoom na sexta-feira, 7 de maio, estava inconsolável com a perda do homem que interpretou no filme biográfico, a quem se tornou próximo quando o conheceu ao se preparar para interpretá-lo e nos anos que seguiram à estreia do filme.

“Sabe, eu só consigo pensar no George com um put* sorriso no rosto. De verdade, é uma grande perda, porque esse homem viveu a vida sem nenhum receio, quer dizer, ele não tinha medo. Ele era um homem muito especial. […] Sim, ele me ensinou muito. Ele era um cara muito especial. Ele era o filósofo da prisão,” disse Johnny.

Jung saiu da prisão em 2014 depois de cumprir quase 20 anos por contrabando. Antes de falecer, também trabalhou em um documentário sobre sua vida, no qual Depp faz uma participação.

O próximo filme de Depp, Minamata, também é um filme biográfico, sobre o fotógrafo W. Eugene Smith, conhecido por ter denunciado o escândalo do envenenamento por mercúrio que abalou o Japão e o mundo em meados dos anos 70.

“Há certos filmes que faço que eu sei que estou trabalhando em algo especial”, diz Depp sobre Minamata.

Tradução: Patrícia (Equipe Johnny Depp Forever)

abril 25, 2021
“Esperando os Bárbaros” é lançado no Brasil; assista ao trailer dublado

“Esperando os Bárbaros” (“Waiting for the Barbarians”) chegou ao Brasil e já se encontra disponível para aluguel e compra em diversas plataformas digitais.

Para marcar o lançamento, o longa estrelado por Mark Rylance, Johnny Depp e Robert Pattinson ganhou trailer dublado, divulgado pela Paramount Home BR. Confira no player abaixo.

Onde assistir

Apple TV » clique aqui
Claro Video » clique aqui
Google Play » clique aqui
Microsoft Store » clique aqui
Now » clique aqui
Sky Play » clique aqui
Vivo Play » clique aqui
YouTube Movies » clique aqui

abril 16, 2021
Johnny Depp afirma que filmagem de câmera corporal PROVA que Amber Heard está mentindo

Johnny Depp afirma que um novo depoimento policial e uma filmagem de câmera corporal, nunca antes vista, ‘provam’ que Amber Heard está mentindo sobre a briga que acabou com seu casamento de 18 meses.

Heard e seus aliados deram provas em vários processos judiciais, dizendo que Depp atirou um telefone em seu rosto e destruiu a cozinha da cobertura durante a notória confusão de maio de 2016.

Mas os advogados do ator dizem que as imagens sinistras de danos – incluindo candelabros quebrados, vidro espalhado no chão e vinho tinto espirrado nas paredes e tapetes – estão completamente em desacordo com o que a polícia lembra.

Quatro diferentes policiais do Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD) visitaram o elegante apartamento em estilo loft no centro da cidade, no espaço de duas horas depois que os amigos de Heard ligaram para o serviço de emergência (911), por engano, duas vezes.

Os dois primeiros policiais deram novos depoimentos no mês passado, reiterando que fizeram uma varredura na propriedade de US$ 1,5 milhão, mas não viram nenhum ferimento, vandalismo ou evidência de um crime.

O DailyMail.com divulgou pela primeira vez imagens de um segundo grupo de policiais respondentes, que tinham câmeras ligadas quando entraram no antigo lar conjugal de Heard e Depp naquela noite.

O dispositivo usado no corpo revela um corredor arrumado que leva a uma elegante cozinha e sala de estar adornada com ornamentos, flores frescas, pilhas de livros, várias velas e candelabros.

Os policiais não parecem detectar nada suspeito, no entanto, e não há sinais óbvios de danos, desordem ou manchas no chão ou carpetes no vídeo de três minutos e meio.

O advogado de Depp, Adam Waldman, diz que a filmagem prova que nunca houve uma onda de destruição e que o relato de Heard sobre a noite não é confiável.

“Amber Heard e seus amigos descreveram uma cena de crime caótica e confusa, mas os vídeos de câmera de corpo recém-lançados do LAPD mostram inequivocamente que a cobertura não foi danificada e que seu testemunho foi mais uma grandiosa mentira”, disse Waldman em um comunicado. Continue…

abril 16, 2021
Johnny Depp promove “Minamata” no BCN Film Festival

Hoje, 16, Johnny Depp fez sua primeira aparição pública do ano. Ele compareceu ao BCN Film Festival, em Barcelona, Espanha, para promover “Minamata”.

Além de uma sessão de fotos, Johnny participou de uma coletiva de imprensa e, mais tarde, da premiere do filme. O acompanharam nos eventos o diretor e produtor Andrew Levitas e o produtor executivo Stephen Deuters. Veja as imagens na galeria do site e assista aos vídeos publicados na playlist abaixo.


Continue…

março 19, 2021
Galeria: Imagens de ‘City of Lies’

Para marcar a estreia de ‘City of Lies’ nos cinemas, atualizamos a galeria do site com várias imagens do filme. Confira clicando nas miniaturas abaixo.

Stills

Bastidores

Continue…

março 18, 2021
Audiência de solicitação de apelação Depp v NGN

Em audiência nesta quinta-feira (18), advogados representando Johnny Depp, buscando anular decisão de tribunal britânico do ano passado, argumentaram que Amber Heard não fez a doação para caridade dos U$7 milhões que ela recebeu como acordo de divórcio, como ela alegou.

O ator busca conseguir permissão para recorrer de decisão tomada, em novembro passado, em processo de difamação contra o The Sun, jornal britânico que o chamou de “agressor” em abril de 2018. Depp perdeu o processo, mas argumenta que não teve um julgamento justo e apresenta novas evidências que poderiam ter afetado esse veredicto.

O juíz Andrew Nicol decidiu que as alegações do The Sun eram “substancialmente verdadeiras”, mas, de acordo com os advogados de Depp, essa decisão foi “subliminarmente influenciada” pelas alegações de doação dos U$7 milhões a instituições de caridade que lutam por vítimas de violência doméstica.

O advogado Andrew Caldecott disse que Heard ter afirmado que fez a doação foi “uma mentira calculada e manipuladora”. Ele afirmou que tais alegações deram à atriz “um boost de credibilidade como pessoa”.

Caldecott disse que uma das supostas entidades beneficiadas, o Children’s Hospital Los Angeles, entrou em contato com consultor financeiro de Depp em 2019 para dizer que não tinham recebido o dinheiro de Heard.

Caldecott também argumentou que o juiz injustamente rejeitou evidências desfavoráveis a Heard durante o julgamento ano passado. Ele disse que o juiz deveria ter dado mais importância às gravações em que Heard aparece admitindo ter agredido Depp quando ela diz “Não posso prometer que não vou ficar agressiva de novo”. “A promessa dela sobre conduta futura sugere que isso não era necessariamente um caso isolado”, disse o advogado.

Os dois juízes que presidiram a audiência desta quinta disseram que não tomariam uma decisão imediatamente, mas emitiriam uma decisão por escrito em breve.

Tradução: Patrícia – Equipe Johnny Depp Forever

Fonte¹

Fonte²