Celebrating 13 years online
agosto 17, 2021
‘City of Lies’ será exibido no Deauville Festival; Johnny Depp estará presente

A edição 2021 do Deauville American Film Festival, realizado na França, teve sua seleção de filmes divulgada hoje e trouxe ‘City of Lies’ entre eles. O longa dirigido por Brad Furman e co-estrelado por Johnny Depp e Forest Whitaker será exibido na sessão Premières.

A organização do festival também confirmou a presença que Johnny participará do evento no dia 5 de setembro.

Continue…

agosto 16, 2021
Johnny Depp e Andrew Levitas falam sobre ‘Minamata’, a importância de o filme ser visto e mais

‘Minamata’ estreou nos cinemas do Reino Unido e Irlanda na última sexta-feira. Ontem, o suplemento de cultura do jornal britânico The Sunday Times publicou uma entrevista com Johnny Depp e Andrew Levitas, diretor do longa.

Eles falaram sobre o filme e da importância dele ser apoiado e visto – apesar do boicote sofrido nos Estados Unidos. Johnny também lembrou seus fãs, de quem se disse orgulhoso. Leia a seguir.

Depp sobre se o desespero mostrado por W. Eugene Smith no início no filme ressoou nele

“Isso é interessante. Não encarei o papel de Smith dessa forma.. Embora você traga sua caixa de ferramentas para o trabalho e use o que está disponível. Tendo experimentado… uns cinco anos surreais… Tudo o que eu passei, eu passei. Mas, no final das contas, essa arena particular da minha vida tem sido tão absurda…

Com o que as pessoas em Minamata lidaram? Eas pessoas que sofreram com Covid? Muitas pessoas perderam suas vidas. Crianças doentes… Doentes. Em última análise, em resposta à sua pergunta? Sim, você usa o que tem. Mas o que eu passei? É como ser arranhado por um gatinho. Comparativamente.”

Sobre ‘Minamata’, jornalismo, boicote e a importância de o filme ser visto

Levitas afirma: “No que diz respeito ao jornalismo, foi importante para nós transmitir no filme o poder da verdade. A responsabilidade dos jornalistas de cuidar dos cidadãos do mundo. [Nosso filme] coincidiu com o momento em que publicações importantes tiveram que colocar Raquel Welch em uma capa para conseguir olhos suficientes para vender anúncios suficientes a fim de colocar algo significativo dentro. Um resultado disso é o clickbait – está destruindo o propósito do jornalismo”.

Depp concorda: “Você disse isso lindamente. Eu não poderia fazer melhor do que isso”.

Levitas acrescenta: “É importante que o filme seja visto e apoiado. E se eu tiver um pressentimento de que não vai ser, é minha responsabilidade dizer isso. Para onde vai a partir daí? Não sei. Mas temos responsabilidade para com essas vítimas…”.

Depp: “Olhamos essas pessoas nos olhos e prometemos que não seríamos exploradores. Que o filme seria respeitoso. Acredito que mantivemos nossa parte no trato, mas aqueles que vieram depois também devem manter a deles. Alguns filmes tocam as pessoas”, acrescenta. “E isso afeta aqueles em Minamata e pessoas que vivenciam coisas semelhantes. E por qualquer coisa… Pelo boicote de Hollywood a mim? Um homem, um ator em uma situação desagradável e complicada, nos últimos anos? Mas, sabe, estou indo para onde preciso ir para fazer tudo isso… Para trazer as coisas à luz”.

Johnny fala sobre seus fãs

“Eles sempre foram meus empregadores. Eles são todos nossos empregadores. Eles compram ingressos, mercadorias. Eles enriqueceram todos aqueles estúdios, mas esqueceram disso há muito tempo. Eu certamente não. Estou orgulhoso dessas pessoas, por causa do que estão tentando dizer, que é a verdade. A verdade que eles estão tentando divulgar, já que não é o caso em publicações mais convencionais. É uma longa estrada, que às vezes fica difícil. Às vezes, simplesmente estúpido. Mas eles continuaram andando comigo e é por eles que lutarei. Sempre, até o fim. Seja ele qual for”.

‘Minamata’ é o último filme de Johnny Depp?

“Er… não. Não. Não. Na verdade, estou ansioso pelos próximos filmes que farei para serem meus primeiros filmes, de certa forma. Porque uma vez que você… Bem, olhe. A maneira como eles escreveram em ‘O Mágico de Oz’ é que quando você vê atrás da cortina, não é ele. Quando você vê por trás da cortina, há um monte de filhos da p*** espremidos em um só lugar. Todos rezando para que você não olhe para eles. E os note”.

Fonte

agosto 12, 2021
Johnny Depp em campanha para nova fragrância do perfume Sauvage

A Dior está prestes a lançar oficialmente uma nova fragrância da linha de perfumes Sauvage, que tem Johnny Depp como seu rosto.

Sauvage Elixir – já disponível na página oficial da Dior EUA – “é uma fragrância extraordinariamente concentrada mergulhada no frescor emblemático de Sauvage, com um núcleo inebriante de especiarias, uma essência de Lavanda “feita sob medida” e uma mistura de madeiras ricas formando a assinatura de sua trilha poderosa, pródiga e cativante”.

A novidade foi anunciada há algumas semanas, quando a marca divulgou um vídeo do encontro entre Depp e François Demachy, perfumista da Dior e criador de Sauvage. A conversa, apresentada pela colunista Laurianne Melierre, girou em torno da inspiração criativa de Depp e Demachy e deve voltar a ser destaque em setembro, como anunciado no videoclipe abaixo.

Além disso, temos as primeiras imagens promocionais e dos bastidores da campanha. Confira na galeria do site.


agosto 10, 2021
Karlovy Vary Film Festival também homenageará Johnny Depp

O Karlovy Vary International Film Festival, que acontece na República Checa, também homenageará Johnny Depp. A notícia vem uma dia depois do anúncio feito pelo festival de San Sebastian, na Espanha.

Em sua 55ª edição, o KVIFF “irá reconhecer e prestar homenagem à extensa carreira do aclamado ator e ao legado duradouro na indústria cinematográfica em todo o mundo.”.

“Para homenagear a filmografia e as capacidades artísticas cada vez maiores de Depp, o festival exibirá seus créditos de produtor cinematográfico mais recentes, ‘Crock of Gold: A Few Rounds with Shane MacGowan‘ (2020) e ‘Minamata’ (2020), este último também apresentando sua excelente performance”, diz o site do evento.

“Estamos extremamente honrados em receber ao Festival um ícone do cinema contemporâneo”, disseram o diretor executivo do KVIFF, Krystof Mucha, e o diretor artístico do Festival, Karel Och. “Nós admiramos o Sr. Depp por tanto tempo e estamos emocionados em conceder esta honra a ele.”.

‘Crock of Gold: A Few Rounds with Shane MacGowan’ e ‘Minamata’ serão exibidos dentro da sessão Horizons. O documentário estreia no festival no dia 21 de agosto e o longa, no dia 28.

Fonte

agosto 9, 2021
Johnny Depp será homenageado com maior prêmio do San Sebastian Film Festival

Em reconhecimento à sua carreira, Johnny Depp será homenageado com o Donostia Award, maior prêmio concedido pelo San Sebastian International Film Festival, realizado na Espanha.

A cerimônia de entrega acontecerá no dia 22 de setembro, durante a 69ª edição SSIFF. Leia abaixo a tradução da reportagem que anuncia a homenagem.

Johnny Depp, um dos atores mais talentosos e versáteis do cinema contemporâneo, receberá o Donostia Award na quarta-feira, dia 22 de setembro, no Auditório Kursaal, durante a 69ª edição do Festival de San Sebastian.

Depp é três vezes indicado ao Oscar, ganhador do Globo de Ouro e 10 vezes indicado, vencedor do Screen Actors Guild Award de Melhor Ator e indicado por 6 vezes, e ganhador de 14 People’s Choice Awards. Com mais de 90 produções audiovisuais em seu nome, Depp também produziu cerca de dez filmes, incluindo o mais recente, Minamata, de Andrew Levitas (2020), Hugo (2011), dirigido por Martin Scorsese, e Crock of Gold: A Few Rounds with Shane MacGowan (2020), dirigido por Julien Temple, vencedor do Prêmio Especial do Júri no último Festival de San Sebastian. Também dirigiu curtas e o longa-metragem The Brave (1997), roteirizado por ele, com Marlon Brando no elenco.

Ele fez sua estreia no cinema aos 21 anos como uma das vítimas de Freddy Krueger em A Nightmare on Elm Street (1984) e, ao longo dos anos, uma relação com o público se cristalizou no início dos anos 90 com seus papéis principais no filme cult Cry-Baby (1990), escrito e dirigido por John Waters, e sua primeira colaboração com Tim Burton, Edward Scissorhands (1990).

Nos anos seguintes, ele estrelou filmes dirigidos por cineastas de prestígio, incluindo Continue…

julho 26, 2021
Diretor de ‘Minamata’ denuncia que distribuidora MGM quer engavetar o filme

Há 7 meses, noticiamos aqui que a MGM havia adquirido os direitos de distribuição de ‘Minamata’ em quatro países: Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Suíça. Nos EUA, o filme teria lançamento simultâneo nos cinemas e em plataformas de vídeo sob demanda no início de fevereiro de 2021, o que não ocorreu.

Agora, o diretor Andrew Levitas revela em carta que foi informado pelo chefe de aquisições da distribuidora, Sam Wollman, que o longa não seria promovido, e que “a MGM decidiu ‘enterrar o filme’ (palavras do chefe de aquisições, Sr. Sam Wollman)”.

Levitas enviou a carta para a MGM e para os patrocinadores do filme, a Eugene Smith Foundation e a Minamata Foundation. O cineasta pediu à MGM que reconsiderasse a decisão e acredita que o estúdio não está dando consideração forte o suficiente à importância do assunto, que expôs irregularidades corporativas e indiferença, e relembrou o dano geracional e devastador infligido aos moradores por causa do envenenamento retratado no filme.

Já a MGM deu outra versão para os fatos. Ao ser questionado sobre a carta, um porta-voz teria dito ao Deadline: “O filme foi adquirido para lançamento pela American International Pictures (AIP), divisão da MGM que cuida dos lançamentos simultâneos. ‘Minamata’ continua entre os futuros lançamentos da AIP e, neste momento, a data de lançamento do filme nos EUA é ‘a ser anunciada'”.

Leia abaixo o documento enviado hoje por Levitas. Continue…

maio 26, 2021
“Cidade de Mentiras” é lançado no Brasil

“Cidade de Mentiras” (“City of Lies”) foi lançado no Brasil hoje, (26). O filme ficou disponível, para aluguel e compra, em algumas operadoras de TV e lojas digitais.

Baseado em livro de Randall Sullivan e dirigido por Brad Furman, ‘Cidade de Mentiras’ conta a história da vida real da investigação do detetive Russell Poole (Johnny Depp) e do jornalista Jack Jackson (Forest Whitaker) sobre o assassinato infame de The Notorious B.I.G., também conhecido como Christopher Wallace, um rapper mundialmente famoso que foi assassinado em 1997.

Saiba onde alugar ou comprar o longa e assista ao trailer oficial legendado abaixo.

Apple TV – clique aqui
Google Play – clique aqui
NOW – clique aqui
Sky Play – clique aqui
Vivo Play – clique aqui
Youtube Movies – clique aqui

maio 8, 2021
Johnny Depp comenta sobre morte de George Jung

George Jung, famoso contrabandista que foi interpretado por Johnny Depp em 2001 no filme Profissão de Risco (Blow), faleceu esta semana aos 78 anos.

Depp, que falou com a Esquire Middle East pelo Zoom na sexta-feira, 7 de maio, estava inconsolável com a perda do homem que interpretou no filme biográfico, a quem se tornou próximo quando o conheceu ao se preparar para interpretá-lo e nos anos que seguiram à estreia do filme.

“Sabe, eu só consigo pensar no George com um put* sorriso no rosto. De verdade, é uma grande perda, porque esse homem viveu a vida sem nenhum receio, quer dizer, ele não tinha medo. Ele era um homem muito especial. […] Sim, ele me ensinou muito. Ele era um cara muito especial. Ele era o filósofo da prisão,” disse Johnny.

Jung saiu da prisão em 2014 depois de cumprir quase 20 anos por contrabando. Antes de falecer, também trabalhou em um documentário sobre sua vida, no qual Depp faz uma participação.

O próximo filme de Depp, Minamata, também é um filme biográfico, sobre o fotógrafo W. Eugene Smith, conhecido por ter denunciado o escândalo do envenenamento por mercúrio que abalou o Japão e o mundo em meados dos anos 70.

“Há certos filmes que faço que eu sei que estou trabalhando em algo especial”, diz Depp sobre Minamata.

Tradução: Patrícia (Equipe Johnny Depp Forever)