Celebrating 13 years online
abril 19, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 6

No sexto dia de julgamento, ouvimos Sean Bett (veja o que ele disse no dia anterior aqui), Keenan Wyatt (técnico de som na indústria do cinema) e Johnny Depp.

Sean Bett

Bett foi respondeu às perguntas da defesa da ré Amber Heard e a mais algumas feitas pela equipe de Johnny Depp.

Depp não carrega chaves, por isso cabe a Bett deixá-lo entrar em suas casas em Los Angeles. Bett disse que não costumava viajar com Depp fora de LA, com exceção de uma viagem a Austin, Texas.

Como afirmou ontem, ele concordou que “de vez em quando” viu Depp bebendo vinho.

A defesa da ré leu mensagens de texto trocadas entre Depp e Bett em 2017, após seu relacionamento com Heard ter terminado. Continue…

abril 18, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 5

A segunda semana de julgamento começou com a última parte do depoimento do médico David Kipper. Também testemunharam hoje Debbie Lloyd (ex-enfermeira de Johnny Depp) e Sean Bett, guarda-costas do ator.

O interrogatório de Bett foi interrompido e deve ser concluído amanhã.

De acordo com o jornalista Nick Wallis, espera-se que o próprio Johnny comece a depor nesta terça-feira. “Ouvi de três fontes confiáveis que Johnny Depp está escalado para depor no Tribunal do Condado de Fairfax AMANHÃ. Não mude seus planos ainda, mas estou feliz que minhas fontes saibam do que estão falando”, publicou no Twitter.

Hoje tivemos também a primeira substituição entre os jurados. No retorno de um dos intervalos, um dos homens disse estar com dor devido a uma condição médica. Como o julgamento não pode ser paralisado, ele foi dispensado. O júri agora é composto por sete homens e três mulheres.

Vamos ao que foi dito nos depoimentos. Continue…

abril 17, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 4

Na quinta-feira, 14, depuseram Kate James (ex-assistente pessoal de Amber Heard), a conselheira matrimonial Laurel Anderson, Gina Deuters (amiga de Johnny Depp) e o médico David Kipper.

O dia foi marcado pela falta de ética da equipe de Heard e, em consequência, por um revés para Depp. Leia a seguir.

Sabotagem de depoimento e apoiadora de Amber Heard banida do Tribunal

A juíza Penney Azcarate determinou a retirada do testemunho de Gina Deuters dos registros do julgamento e pediu aos jurados que o desconsiderem para tomar sua decisão.

Após quase uma hora de seu início, o depoimento foi pausado com a juíza perguntando a Deuters se ela havia assistido a algum dos testemunhos. Ao admitir ter visto alguns clipes, Deuters foi dispensada da audiência.

A defesa da ré Amber Heard havia denunciado a Azcarate a suposta utilização de redes sociais por Gina durante o julgamento, o que a comprometeria a testemunha. Ocorre que a “denúncia” foi fraudada, já que a postagem feita por Gina no Instagram em 8 de janeiro de 2021 foi apresentada à juíza, sem a data, como se fosse atual.

A responsável pela sabotagem do testemunho de Deuters teria sido Eve Barlow, apoiadora de Heard. Foi a informação deturpada que Barlow passou para a defesa da ré que resultou na anulação do depoimento.

Além disso, Barlow violou uma ordem judicial que impedia o uso de dispositivos eletrônicos pessoais no tribunal (apenas quem faz parte das equipes jurídicas das partes tem permissão para tal). Ela não só utilizou o próprio celular para prejudicar o testemunho de Gina Deuters, como fez publicações no Twitter e enviou mensagens de texto de dentro da sala de audiências.

Continue…

abril 13, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 3

No terceiro dia de julgamento, além da parte final da inquirição de Christi Dembrowski, tivemos os depoimentos de Isaac Baruch e Brandon Patterson. Veja abaixo os principais destaques.

Christi Dembrowski

A sessão foi iniciada com a equipe da ré Amber Heard interrogando Dembrowski. Como aconteceu na terça-feira, ela enfrentou uma enxurrada de perguntas dos advogados de Heard sobre o uso de álcool e drogas por Depp.

Ela confirmou uma troca de e-mails em 2014 que teve com um médico que tratou o vício de Depp em analgésicos. “Você acredita que seu irmão precisava de ajuda com drogas e álcool?” perguntou o advogado. Dembrowski respondeu que estava preocupada com o uso de um medicamento por Depp, mas não acreditava que ele tivesse problemas com drogas ou álcool em geral, ou que ele romantizasse a cultura das drogas.

Continue…

abril 12, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 2

O segundo dia do julgamento do processo que Johnny Depp move contra Amber Heard trouxe as alegações iniciais dos advogados de ambas as partes e o início do depoimento da primeira testemunha de acusação, Christi Dembrowski – irmã de Johnny e presidente da produtora Infinitum Nihil. Ela retornará à corte amanhã para que a inquirição da defesa da ré Heard prossiga.

Alegações iniciais

Representando Depp, os advogados Benjamin Chew e Camille Vasquez foram os primeiros a falar ao júri.

“Alguns de vocês podem reconhecer o Sr. Depp por vê-lo interpretar personagens como Edward Mãos de Tesoura ou Jack Sparrow. Por quase 30 anos, Depp construiu uma reputação como um dos atores mais talentosos de Hollywood, um artista respeitado cujo nome era associado ao sucesso nas bilheterias. Hoje seu nome está associado a uma mentira, uma declaração falsa proferida por sua ex-mulher, a ré Amber Heard, que falsa e injustamente colocou o Sr. Depp como o vilão. Um homem que abusaria violentamente de uma mulher.”

“Este é um caso de difamação, é um caso sobre como as palavras podem ser devastadoras quando são falsas e pronunciadas publicamente. Uma pessoa que faz uma declaração falsa sobre outra pessoa pode ser responsabilizada. Isso porque as palavras importam. Elas pintam um quadro em nossa mente.”

“Por causa disso, as palavras podem evocar fortes emoções e causar danos irreparáveis ​​à reputação de uma pessoa e então – como o Sr. Depp, sua carreira depende de sua reputação […] – esse dano pode ser particularmente devastador.”

Chew argumentou que apesar de o nome de JD não aparecer no artigo que deu causa à ação – escrito por Heard e publicado no Washington Post em dezembro de 2018 – “Todo mundo em Hollywood sabia exatamente do que ela estava falando” e que o texto é um exemplo de “difamação por implicação”.

Continue…

abril 11, 2022
Justice For Johnny Depp – Dia 1

Teve início hoje (11), no Tribunal do Condado de Fairfax, Virginia (EUA), o julgamento por difamação de Johnny Depp contra Amber Heard.

A ação decorre da publicação no Washington Post, em dezembro de 2018, de um artigo escrito por Heard no qual ela alega ser sobrevivente de violência doméstica e implica Depp como seu suposto agressor.

O julgamento deve durar seis semanas e será presidido pela juíza Penney Azcarate, que determinou algumas regras às partes e ao público que deve comparecer ao local nos próximos dias. Uma ordem judicial alerta que acampamentos não serão permitidos e que “Os litigantes e suas equipes jurídicas […] não posarão para fotos ou assinarão autógrafos no Tribunal ou em suas dependências.”

Escolha dos jurados

O primeiro dia foi iniciado por volta das 10 da manhã (horário de Brasília) e foi dedicado à seleção do júri.

Após entrevistas e possibilidades de vetos da acusação e da defesa, um grupo de 60 potenciais jurados foi reduzido aos 11 definitivos. Sete deles irão deliberar sobre o caso e os outros quatro serão suplentes – para situações em que um dos sete principais tiver que se desligar do grupo no decorrer do julgamento.

O júri será conhecido pelo público amanhã, mas o jornalista Nick Wallis já relatou ter identificado, pelo tom de voz, pelo menos cinco homens e quatro mulheres.

O que vem a seguir

A terça-feira começará com as alegações iniciais dos advogados de Depp e Heard. Benjamin Chew, representante de JD, será o primeiro a falar. Na quarta-feira (13), Johnny irá depor.

Como acompanhar?

Abaixo, indicações de pessoas que são fontes de informações confiáveis e que acompanharão o julgamento presencialmente.

+ Laura Bockov

O canal Law&Crime Network promete fazer transmissão da sessão de amanhã. Veja em youtube.com/watch?v=4hzL1ETjrOk

Veja fotos de hoje na galeria do site e o vídeo da saída do tribunal a seguir.

Fontes: Nick Wallis | Vulture

março 29, 2022
Johnny Depp participará de show de Jeff Beck na Itália

Johnny Depp será o convidado especial de Jeff Beck em show na Itália. O concerto ocorrerá no dia 17 de julho, encerrando o festival de música Umbria Jazz, realizado na cidade de Perúgia.

O anúncio foi feito ontem (28) por Gianluca Laurenzi, presidente do evento, durante uma conferência de imprensa.

Ingressos podem ser adquiridos em umbriajazz.it/biglietti

Fonte

janeiro 28, 2022
Johnny Depp vende NFTs de suas pinturas

Johnny Depp está colocando à venda 11.111 NFTs extraídos de pinturas feitas por ele de seus amigos e heróis pessoais. O ator está lançando a coleção de tokens não fungíveis (em inglês, non-fungible tokens ou NFTs, que são ativos digitais únicos registrados com tecnologia blockchain) intitulada “Never Fear Truth” (“nunca tema a verdade”).

Os retratos, desenvolvidos a partir de trabalhos originais assinados por Depp e, depois, decorados e animados, incluem o próprio Johnny, Marlon Brando, Elizabeth Taylor, Hunter S. Thompson, Heath Ledger, sua filha Lily-Rose Depp, Tim Burton, o falecido cachorro de Johnny, Mooh, e um personagem fictício, Bunnyman, criado pelo filho de Depp.

O ator de 58 anos disse em uma declaração: “Eu sempre usei a arte para expressar meus sentimentos e para refletir sobre aqueles com quem mais me importo, como minha família, amigos e pessoas que admiro. Minhas pinturas cercam minha vida, mas eu as mantive para mim mesmo e me limitei. Ninguém nunca deveria se limitar.”

O estilo de Depp é uma mistura de arte pop e urbana, com imagens de figuras da cultura pop reproduzidas em cores vibrantes. Pela primeira vez, as pinturas de Depp, que podem ser consideradas como os reflexos do caráter do indivíduo como Depp os vê, são apresentadas ao público.

Vinte e cinco por cento do que for arrecadado com as vendas será doado a instituições de caridade, incluindo o Los Angeles Children’s Hospital, o Great Ormond Street Children’s Hospital, a Elizabeth Taylor AIDS Foundation e o The Gonzo Trust, fundada em memória ao herói de Depp, Hunter S. Thompson.

Comprar uma NFT “Never Fear Truth” garante ao proprietário acesso à exclusiva comunidade de Johnny no Discord, que é uma plataforma onde fãs podem formar comunidades colaborativas para participar de projetos.

Depp disse ainda, “Nós decidimos lançar uma série de retratos, mas de uma forma que pudesse também dar algo em troca. Ter a oportunidade de saudar meus apoiadores e apoiar instituições de caridade que têm sido tão importantes para minha família é um presente incrível. Espero que consigamos criar uma nova comunidade de amigos em torno desses NFTs. Meu envolvimento nesse espaço de NFTs só começou.”

Dez mil NFTs podem ser adquiridas através do site www.neverfeartruth.com — pedidos já podem ser feitos — e vendas secundárias serão conduzidas pela plataforma multi-cadeia de compra e venda de NFTs, www.rarible.com. Cada NFT é também acompanhada por uma edição física em alta resolução que pode ser resgatada apenas uma vez.

Medidas foram tomadas para garantir que os fãs de Johnny tenham grandes chances de sucesso, mesmo que eles nunca tenham comprado um NFT antes, incluindo tutoriais sobre criptomoeda e um sorteio para atribuir direitos de compra.

Dos 1.111 NFTs restantes, a maioria será mantida por Depp, que os doará a fãs e a suas instituições de caridade favoritas.

Fonte

Tradução: Patrícia (Equipe Johnny Depp Forever)